Buscar

Fieg e Sebrae juntos para acelerar a indústria goiana

A Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) estão com inscrições abertas para a terceira turma do programa Acelera Indústria, iniciativa que busca estimular pequenos negócios a transformar realidades, por meio do fomento de práticas empresariais que tornem as empresas mais competitivas. As inscrições são gratuitas, com vagas limitadas à participação de 25 CNPJs por turma, totalizando, ao final, 100 empresas nas quatro etapas do programa.

"É um programa voltado aos líderes de pequenas e microindústrias. Queremos provocar a reflexão para remodelagem dos negócios, visando à reestruturação para mercados disruptivos e sustentabilidade, por meio do growth marketing", explicou a gerente sindical da Fieg, Denise Resende, durante mobilização da iniciativa na reunião mensal de maio da diretoria da entidade, realizada segunda-feira (16/05). O growth marketing, ou marketing de crescimento, é uma metodologia que se propõe a atuar no crescimento de negócios disruptivos que desejam crescer exponencialmente. Para tanto, a estratégia alia gestão de vendas e aquisição e retenção de clientes em negócios que buscam inovar. A metodologia considera que, mais importante que vender, é gerar recorrência de receita com clientes já fiéis aos produtos e à marca. Nesse sentido, o programa Acelera Indústria foi estruturado em quatro pilares – desenvolvimento, gestão, inovação e mercado –, contemplando etapas de diagnóstico, capacitação, consultorias de gestão, consultorias tecnológicas e jornada de inovação. O programa tem duração de três meses e acompanhamento das atividades com o monitoramento da transformação. "Cada participante se comprometerá com o cumprimento da agenda, com a implementação das práticas, visando ao alcance dos resultados para serem referência em seu segmento. Esse processo será monitorado e mensurado, com indicadores de faturamento, produtividade e capacidade de inovação", sustentou Denise. Dentre os resultados esperados com a iniciativa, estão o aumento na expectativa de sobrevivência das empresas, o incremento da maturidade de gestão e a possibilidade de inovação de processos e produtos. As indústrias interessadas em participar do programa devem se inscrever no link https://bit.ly/AceleraIndustria.

4 visualizações0 comentário